11 de ago. de 2014

Resenha - A Menina Que Roubava Livros

Olá leitores, tudo bem?

Segue mais uma resenha, e desta vez é do livro "A Menina que Roubava Livros".
Confiram:
Sinopse

Quando a Morte conta uma história,
você deve parar para ler.

A trajetória de Liesel Meminger é contada por uma narradora mórbida, porém surpreendentemente simpática. Ao perceber que a pequena ladra de livros lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. Traços de uma sobrevivente: a mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los em troca de dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. Essa obra, que ela ainda não sabe ler, é seu único vínculo com a família.
Assombrada por pesadelos, ela compensa o medo e a solidão das noites com a cumplicidade do pai adotivo, um pintor de parede bonachão que a ensina a ler. Em tempos de livros incendiados, o gosto de roubá-los deu à menina uma alcunha e uma ocupação; a sede de conhecimento deu-lhe um propósito.
A vida na rua Himmel é a pseudorrealidade criada em torno do culto a Hitler na Segunda Guerra. Ela assiste à eufórica celebração do aniversário do Führer pela vizinhança. Teme a dona da loja da esquina, colaboradora do Terceiro Reich. Faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista. E ajuda o pai a esconder no porão um jovem judeu que escreve livros artesanais para contar a sua parte naquela história. A Morte, perplexa diante da violência humana, dá um tom leve e divertido à narrativa desse duro confronto entre a infância perdida e a crueldade do mundo adulto, um sucesso absoluto — e raro — de crítica e público.



Apesar da grande expectativa que eu tinha com esta leitura, acabei me frustrando porque não foi como eu esperava.

Iniciei a leitura, porém tava muito monótona e pesada de se ler, por isso decidi abandonar a leitura por 2 meses e retomando agora para felizmente finalizar e dar minha opinião sobre.

O que compensou a leitura foi o final, que foi bem surpreendente apesar de trágico, mas foi a parte que mais envolveu e me prendeu á leitura.
            
Por todos estes fatores, dou nota 2 ao livro.

Se caso tenha gostado deste livro e deseja comprá-lo, é possível comprar o mesmo pela Amazon. É só clicar neste link.

AC ~

5 comentários:

  1. Olá Adriana,
    Considero A Menina Que Roubava Livros como um dos melhores livros que já li. Estou acostumada a ler opiniões bastante diferentes a respeito dele.
    Beijinhos!
    Tão doce e tão amarga.



    ResponderExcluir
  2. Oii,

    Acredita que ainda não consegui ler ou ver o filme. Ele está na minha meta que pretendo cumprir ate o final do ano.

    Estou seguindo;
    Beijinhos.
    http://www.entrechocolatesemusicas.com/

    ResponderExcluir
  3. Menina acredita q começei ler esse livro e nunca terminei( falta de tempo) mas depois dessa resenha vou voltar a ler ..lindo teu blog flor parabens..

    vem visitar o meu tbm.. http://divinabelezamulher.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Esse livro é lindo!!!Simplesmente perfeito..adoro.
    Acho que já o li meia duzia de vezes...

    Dani
    www.donaengenhosa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi flor, conheci teu blog hj e to amando...
    Tbm nao gostei desse livro e nem do filme...achei um tedio sem fim... bjs

    ResponderExcluir